Paris Jackson na capa da Rolling Stone americana (Foto: Reprodução)

O que essa revista e capa tem de linda, tem também de babados. A Paris, a lindona da capa, diz que a morte de seu pai Michael Jackson foi uma armadilha. Na entrevista, a filha de 18 anos de Michael Jackson falou sobre sua dificuldade em superar a morte do pai, sobre defender seu legado e lutar por justiça.  A publicação, que será lançada em fevereiro, promete esquentar o cenário pop. É que a loira fez revelações bombástica e abriu o coração.

Sobre a morte do pai, que aconteceu há 8 anos, Paris confessa que não se recuperouResultado de imagem para paris jackson rolling stone completamente até hoje. “As pessoas dizem que o tempo cura, mas isso não é verdade. Acho que a gente só consegue se acostumar com a falta da pessoa. Eu vivo pensando: ok, perdi a coisa mais importante da minha vida. Tento seguir em frente… Eu sinto que meu pai está comigo o tempo todo”, resumiu ela.

Com tom de certeza, Paris diz que acredita que seu pai foi vítima de uma armadilha. “Acho que nada de tão ruim pode voltar a me acontecer nesta vida. Ele vivia dando pistas de que estava sendo perseguido. Parece até teoria da conspiração, mas o fãs mais antigos e boa parte da nossa família acreditam que foi vítima de uma armadilha”, lembra ela, que acredita no envolvimento do cardiologista Conrad Murray com o “possível assassinato”.

Michael Jackson foi encontrado inconsciente em sua cama, em 25 de junho de 2009 e foi declarado morto mais tarde neste dia, já no hospital. O Rei do Pop se preparava para o retorno da turnê “This Is It” e a filha relembrou como ele ficava exausto com os ensaios. “Eu dizia a ele, ‘vamos tirar um cochilo’, porque ele parecia cansado. Nós estudávamos no andar de baixo na sala de estar, e víamos a poeira cair do teto, ouvindo sons fortes porque ele estava ensaiando lá em cima“.

Paris também quebrou o silêncio sobre as tentativas de suicídio, em 2013, e revelou que cobriu cicatrizes de automutilação com tatuagens. “Eu me odiava, tinha baixa autoestima e achava que não fazia nada certo. Eu achava que não valia a pena continuar vivendo”, disse ela, que encontrou na moda uma nova vida.

Paris Jackson chega para o desfile da Givenchy em Paris (Foto: Getty Images)“Algumas pessoas me acham bonita, outras me chamam de feia. Mas quando estou desfilando, meus problemas com autoestima e depressão somem porque me concentro no fotógrafo e acredito muito mais em mim”, afirmou ela.

Apesar de não dar detalhes e assunto ser tabu, Paris revelou que foi estuprada quando tinha apenas 14 anos de idade. “Realmente não quero dar muitos detalhes. Definitivamente não foi uma boa experiência. Foi muito difícil para mim na época. Eu não conseguia contar para ninguém”, contou ela.

Uma das grandes mágoas de Paris são as acusações de que seu pai era pedófilo. “Imagine seu pai chorando porque o mundo odeia ele por algo que ele não fez. Isso é horrível… Eu comecei a odiar o mundo por causa do que eles estavam fazendo para ele (Michael). Como as pessoas podiam ser tão malvadas?”.

Imagem relacionada
Fonte: google

A matéria completa está na  Rolling Stone, toda em inglês. Óbvio. rs Vou dispensar a minha opinião sobre a matéria, mas percebi que realmente o Michael tinha um coração grandioso.

Fonte e texto: Perez Hilton, EGO, Rolling Stone, Pop Line, Hugo Gloss
Anúncios

O que achou ?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s